Categorias
Projetos


Nasetet
segunda-feira, 21 de dezembro de 2015
Primeiramente me desculpe! Sei que me matar não foi a melhor forma de resolver os meus problemas e sei que deixei muitas pessoas magoadas para trás, mas não estava mais aguentando a pressão da sociedade, ou enfrentava ou cedia e você me conhece, sabe que eu sempre faço o mais fácil.
Pensando agora, eu deveria ter gravado um vídeo em vez de escrever essa carta né? Assim você poderia ter certeza que foi eu quem realmente escrevi isso, mas.. esquece, com certeza você deve reconhecer esse meu garrancho. Só me desculpe por não ter atendido as suas ligações nessa semana, por não ter respondidos suas mensagens ou ter atendido a porta todas as vezes que você vinha aqui, eu apenas não aguentaria te ver antes de fazer isso, teria desistido assim que visse os seus olhos castanhos estampados de preocupação comigo e a expressão de alívio que você faria assim que me visse, o jeito que você sorriria.. Só de imaginar você agora, me deu um aperto no coração, vou sentir tanta falta desse seu jeito.
Se desculpe por mim para todos por favor, os comprimidos que eu tomei estão começando a fazer efeito e já não consigo respirar direito e minhas vistas estão cada vez mais turvas, mas diga a eles que eu os amo e peço que se lembrem só das coisas boas sobre mim. E não desista da ideia de virar presidente ta bom? Acho que vou acabar por aqui, minhas mãos estão começando a ficar pesadas, não é muito gentil da minha parte entrar nesses detalhes né?

Atenciosamente, 7.

Marcadores:

Escrito por Nat às 19:31            23 Comentário/s