Categorias
Projetos


Nasetet
quinta-feira, 31 de agosto de 2017
It's really another girl lost and reckless in the world. She's pure glitter and the maximum of sin but she has love.

Max Sin

E não é nada normal olhar pra você
E saber que não é bem assim
Ainda te querer
É porque é Max Sin

Não sei se isso faz bem ou faz mal
Se existem outras, não vou procurar
Eu só sei que não é normal
É porque é Max Sin

Max Sin, Max Sin, I wanna Max Sin
Max Sin, Max Sin, I love Max Sin
Max Sin, Max Sin, I kill Max Sin (2x)

Se ao menos você resistisse
Ou se fingisse gostar um pouco
Se não abitasse o meu corpo
Ah, eu faria tudo de novo

Todas as noites vem me procurar
Me dizendo que não sou perfeito
Que o amor não é pra viver desse jeito não
Mas nunca fiz o que você não quis

É só porque é Max Sin, Max Sin, I wanna Max Sin
Max Sin, Max Sin, I love Max Sin
Max Sin, Max Sin, I kill Max Sin (2x)


Marcadores: ,

Escrito por Nat às 23:45            0 Comentário/s
sábado, 19 de agosto de 2017

Annyeonghaseyo! Faz tempo que estou olhando pra tela do computador e pensando como começar a escrever qualquer coisa depois de tanto acontecimento ruim desde o dia 3 de Março deste ano. Talvez seja até por isso mesmo que eu esteja aqui, pra falar sobre isso, de uma forma totalmente não detalhada para não deixar ninguém pasmo com o meu estado atual. Não que eu não queira falar sobre o assunto, ou não tenho como falar sobre, pelo contrario, eu sei exatamente o que falar! Mas não agora. Hoje, pelo menos nesse post, eu quero deixar uma coisa legal que aconteceu uns meses atras, depois de tanta merda. Ahhh~~😩 eu queria informar que estou com muita fome agora e isso significa que meu almoço hoje vai ser um pastel de calabresa com queijo e um belo copo grande de caldo de cana :) Isso porque hoje tem feira na minha rua e como eu estou com preguiça de preparar algo, então vou aproveitar essa oportunidade.
Pronto! Agora que alimentei a fera dentro de mim, acho que posso continuar. Alias, quando eu digo que tem uma fera dentro de mim, eu falo literalmente que existe uma (ou um) ferinha dentro de mim que fica com fome a cada meia hora. Etto... isso vai ser uma história bem longa pra contar e eu ainda não sei bem como explicar esse momento estranho na minha vida, mas pra falar a verdade eu não estou sabendo explicar nada nesses últimos anos sobre o que ando fazendo da minha vida. Bem, se pra você esse paragrafo não fez o menor sentido, tudo bem! É confuso mesmo e como eu falei lá em cima, não é hora de falar sobre coisas "ruins" ou "estranhas". Então deixa eu contar como foi conhecer uma hamburgueria temática aqui em São Paulo.
Continue lendo »

Marcadores: , , ,

Escrito por Nat às 23:49            2 Comentário/s
sexta-feira, 23 de junho de 2017
Annyeonghaseyo!
Antes de você, leitor, começar achar que eu estou fazendo drama no titulo ou que estou com uma faca na minha mão pronta pra me matar apos o post, peço que tenha calma! Vou tentar explicar de uma forma não muito apelativa o que eu ando pensando nesses últimos meses. Mas antes, quero agradecer a todos que lembraram que sexta passada (16/06) foi o meu aniversario de 22 anos! *momento feliz da Nat uhhhh~~* Nem parece que sobrevivi 22 anos nesse planeta com varias pessoas ruins kk. Bom, não teve festa, presentes, bolo ou varias pessoas no meu facebook me desejando parabéns (eu desativei a opção das pessoas verem a data do meu aniversario), isso fez com que só uma pessoa me desejasse parabéns pelo Facebook. No final do dia apenas 10 pessoas se não me engano lembraram do meu aniversario e eu fiquei super feliz :D Muito obrigada a todos! Ah, e eu gostaria de agradecer ao pessoal do Onigiri Quase Prédio que fez plaquinhas lindas <3
Continue lendo »

Marcadores: , , , ,

Escrito por Nat às 19:24            4 Comentário/s
terça-feira, 28 de fevereiro de 2017
Eu não sou sua e nunca vou ser!

Você com sua mente doentia acabou com tudo com o primeiro tapa e o ultimo olhar sedento pelo meu sangue. De fato, fiquei com medo, mas não tenho medo agora. Você apenas matou uma vida minha, tenho mais 5 pra gastar, então respira fundo que o contra-ataque já esta pronto meu amor. Vou mentir e ser tudo o que você mais precisa e quer. Vou ser seu doce veneno e destruir o seu pensamento mais sagrado, fazer você se perder em mim e só de mim se alimentar. Te tocar sentindo nojo e olhar no fundo dos seus olhos negros e convencer que você me tem e terá até o fim dos tempos. Provar que você é só mais um homem perdido no mundo, um homem tão falho e cheio de pecados quanto eu. Te dar tudo enquanto te tiro tudo. Tão perto, tão quente e feroz.. Ouvir você gritar e não ter ninguém pra ouvir, será minha diversão.
Eu tenho amor e sou o máximo do pecado, então vou fazer você sangrar só de te olhar e te ver implorar pela vida que não tem mais. Eu vou te ter, te amar e te matar friamente. Vou lavar minhas feridas com álcool e continuar andando firme pela terra, e todos vão olhar para mim e ver uma pequena menina inocente que perdeu um grande amor. Eu vou contar suas histórias como se fossem minhas histórias, viver seus sonhos como se fossem meus sonhos e ninguém nunca saberá porque a escuridão vai guardar todos os nossos segredos. Você pode confiar em mim!
[edit 15/07/2017]
Esse texto, bem, ele fala de uma menina que depois de sofrer um ataque de um homem que ela conhece, resolve se vingar dele. Ela acha que a força da mente vai ser maior que a dos punhos dele.
[/edit]

Marcadores: , ,

Escrito por Nat às 21:56            8 Comentário/s
sábado, 28 de janeiro de 2017

Olá terráqueos!! Como vocês estão? O que vocês andaram fazendo de bom enquanto estive sumida no espaço? Bom, desde a ultima vez que eu estive aqui muita coisa aconteceu (obvio), mas muita coisa ruim caiu sobre mim no ano de dois mil e dezesseis. Tenho que dizer que dois mil e dezesseis foi bem pior do que dois mil e quinze. Mas vamos esquecer as coisas ruins e falar sobre as boas novas, depois eu encho a postagem de choro e tristeza.
Primeira boa noticia é que eu tenho um emprego \o/ Sim!! Você não leu errado leitor amigo, eu finalmente consegui um emprego legal e agora tenho dinheiro para comprar as minhas coisinhas linhas :3 A sensação realmente é muito boa. Ter aquilo que você sempre quis ou fazer algo que você tanto queria, faz nascer um pontinho de felicidade no peito. Ver o seu esforço dando frutos é uma coisa maravilhosa.
Eu comecei a trabalhar em Maio, e por isso eu ando bem sumida (ha) Na verdade sei que não sou a pessoa que mais atualiza o próprio blog, mas esse ano eu realmente relaxei e não cumpri nem 10% das ideias que planejei pro blog ano passado, e por isso, esse ano eu não vou prometer nada para ele em dois mil e dezessete. A unica coisa que desejo é fazer mais amiguinhos com ele e continuar com ele até eu sentir que devo parar, o resto vai ser lucro! ;) Voltando ao assunto trabalho: é legal conhecer pessoas novas, ter o seu próprio dinheiro, poder sair com amigos, comprar aquela roupa que você sempre quis ou até mesmo um jogo legal. Tudo isso vale a pena no final. Agora, a parte chata de ter um emprego é acordar cedo, receber bronca 💔 e pagar contas. Geeeente, como isso é ruim. Eu sempre tive noção das contas aqui em casa, porém quando sai do seu bolso a história muda totalmente de figura. É um sentimento de perda e dor (hahaha) Mas é a vida né. Uma hora isso chega pra todos e pra mim já chegou. Confesso que gostava mais de quando vivia no mundo dos "ainda não nascidos".
Se eu não me engano, acho que essa era a noticia mais legal que eu tinha (sorry) É que esse ano foi tão bosta que a unica coisa que posso agradecer é por ter um emprego. Pra falar a verdade, eu acho que ajudei muito as coisas ficarem ruins, como tomando decisões erradas e pensando em besteiras. Acho que só cheguei até aqui pela minha mãe, não quis deixar ela sozinha, ou apenas uso isso como desculpa por não ter coragem. Whatever...
HAA! Espera aí. Lembrei que o blog fez dois anos! E de novo eu deixei passar em branco. Bom, não é uma coisa obrigatória comemorar o aniversario do blog, né?! Ehh, vou dizer que a culpa disso de novo foi por causa do ano extremamente ruim que tive. Alias, quero falar sobre isso, não agora, mas acho que estou pronta pra falar sobre a minha a dor, minha escolhas erradas pra tentar esquecer e como eu voltei ao mesmo lugar de novo. Talvez demore e talvez eu não conte toda a historia, mas acho importante pra mim  deixar registrado que dois mil e dezesseis foi um ano cheio de baixos e pouquíssimos altos.
Parando pra pensar, eu não sei como comemorar um aniversario de um blog (hahaha) Talvez eu faça cupcakes e entregue a pessoas que gosto. TALVEZ! Não vou prometer nada nenom. Vai que eu esqueço de novo ou acontece algo que tire meu foco u.u Espero que não, pois quero fazer desse ano o melhor possível, mas lá pra Fevereiro porque Janeiro eu já muita merda. A unica coisa que esta indo bem é a minha escolha por não tomar mais refrigerante. Desde o começo do ano eu devo ter tomado umas 5 vezes, o que foi muito já. Não sou viciada em refrigerante e aqui em casa minha mãe compra só em ocasiões especiais, mas mesmo não tomando muito resolvi cortar logo de vez, e confesso que esta dando certo.
Acho que falei tudo que queria falar por enquanto. Vou deixar aqui as plaquinhas que ganhei no Magical Awards. Não sabia onde guardar, então lembrei que tenho um blog 💡 Eu sei que eu deveria ter colocado aqui faz tempo, mas eu sou desorganizada (desculpa mesmo).
Beijos e até a próxima o/
Continue lendo »

Marcadores: ,

Escrito por Nat às 01:51            0 Comentário/s