Mais um ano, mais uma tentativa


Olá terráqueos!!
Como vocês estão? Quanto tempo heim. O que andaram fazendo de bom enquanto estive sumida no espaço? Contem-me tudo!
Bom, desde a ultima vez que estive aqui muita coisa aconteceu (obvio), mas muita coisa ruim caiu sobre mim no ano de dois mil e dezesseis. Tenho que dizer que dois mil e dezesseis foi bem pior do que dois mil e quinze. Mas vamos esquecer as coisas ruins e falar sobre as boas novas, depois eu encho a postagem de choro e tristeza.
Primeira boa noticia é que eu tenho um emprego \o/ Sim!! Você não leu errado leitor amigo, eu finalmente consegui um emprego legal e agora tenho dinheiro para comprar as minhas coisinhas linhas :3 A sensação realmente é muito boa. Ter aquilo que você sempre quis ou na hora que você quer faz nascer um ponto de felicidade no peito. Não falo por ter alguma coisa material, mas sim de ver o seu esforço dando frutos.
Eu comecei a trabalhar em Maio, e por isso eu ando bem sumida (ha) Na verdade sei que não sou a pessoa que mais atualiza o próprio blog, mas esse ano eu realmente relaxei e não cumpri nem 10% das ideias que planejei pro blog ano passado, e por isso, esse ano eu não vou prometer nada para ele em dois mil e dezessete. A unica coisa que desejo é fazer mais amiguinhos com ele e continuar com ele até eu sentir que devo parar, o resto vai ser lucro! ;) Voltando ao assunto trabalho: é legal conhecer pessoas novas, ter o seu próprio dinheiro, poder sair com amigos, comprar aquela roupa que você sempre quis ou até mesmo um jogo legal. Tudo isso vale a pena no final. Agora, a parte chata de ter um emprego é acordar cedo, receber bronca 💔 e pagar contas. Geeeente, como isso é ruim. Eu sempre tive noção das contas aqui em casa, porém quando sai do seu bolso a história muda totalmente de figura. É um sentimento de perda e dor (hahaha) Mas é a vida né. Uma hora isso chega pra todos e pra mim já chegou. Confesso que gostava mais de quando vivia no mundo dos "ainda não nascidos".
Se eu não me engano, acho que essa era a noticia mais legal que eu tinha (sorry) É que esse ano foi tão bosta que a unica coisa que posso agradecer é por ter um emprego. Pra falar a verdade, eu acho que ajudei muito as coisas ficarem ruins, como tomando decisões erradas e pensando em besteiras. Acho que só cheguei até aqui pela minha mãe, não quis deixar ela sozinha, ou apenas uso isso como desculpa por não ter coragem. Whatever...
HAA! Espera aí. Lembrei que o blog fez dois anos! E de novo eu deixei passar em branco. Bom, não é uma coisa obrigatória comemorar o aniversario do blog, né?! Ehh, vou dizer que a culpa disso de novo foi por causa do ano extremamente ruim que tive. Alias, quero falar sobre isso, não agora, mas acho que estou pronta pra falar sobre a minha a dor, minha escolhas erradas pra tentar esquecer e como eu voltei ao mesmo lugar de novo. Talvez demore e talvez eu não conte toda a historia, mas acho importante pra mim  deixar registrado que dois mil e dezesseis foi um ano cheio de baixos e pouquíssimos altos.
Parando pra pensar, eu não sei como comemorar um aniversario de um blog (hahaha) Talvez eu faça cupcakes e entregue a pessoas que gosto. TALVEZ! Não vou prometer nada nenom. Vai que eu esqueço de novo ou acontece algo que tire meu foco u.u Espero que não, pois quero fazer desse ano o melhor possível, mas lá pra Fevereiro porque Janeiro eu já muita merda. A unica coisa que esta indo bem é a minha escolha por não tomar mais refrigerante. Desde o começo do ano eu devo ter tomado umas 5 vezes, o que foi muito já. Não sou viciada em refri e aqui em casa minha mãe compra só em ocasião especial, mas mesmo não tomando muito resolvi contar logo de vez, e confesso que esta dando certo.
Acho que falei tudo que queria falar por enquanto. Vou deixar aqui as plaquinhas que ganhei no Magical Awards. Não sabia onde guardar, então lembrei que tenho um blog 💡 Eu sei que eu deveria ter colocado aqui faz tempo, mas eu sou desorganizada (desculpa mesmo).
Beijos e até a próxima o/

Continue lendo »

Marcadores: ,

Você esta ali na minha frente, mas não é meu.
Mais um dia sem você.

Eu ainda não sei como aconteceu e nem o porque de não conseguir sair da cama pra viver sem você. Eu simplesmente não consigo esquecer. Não sei tirar você de mim e tudo que eu tento fazer pra você voltar da errado. Eu estou tão cansada de gritar, de chorar e de fingir que eu estou bem quando na verdade eu queira estar bêbada do seu amor.

Eu não sei o que fazer. E eu não aguento esperar, eu não quero esperar!

Tem dias que eu choro. Tem dias que eu estou no automático, fingindo que nada me afeta.

Já faz mais de um mês e eu ainda choro no meu quarto.

Marcadores: ,

« Postagens Novas Página inicial Postagens Antigas »